Talvez você (ainda) não tenha ouvido falar da Vionnet. Mas essa é uma das marcas mais tradicionais e revolucionárias da história da moda francesa – anterior à Chanel, diga-se de passagem. A marca de Madeleine Vionnet abriu suas portas em 1912, mas a estilista foi obrigada a parar as produções em 1914, devido a I Guerra Mundial. Em 1919 ela retornou as atividades e continuou a produzir belíssimos vestidos até 1939. Madeleine revolucionou a forma de produzir vestuário na época, ao introduzir a técnica de utilizar o tecido no viés – prática hoje tão comum.

Desde 1939 houveram diversas tentativas de colocar a marca em pé de novo, mas nem todas deram certo. Em fevereiro deste ano os direitos da marca foram adquiridos por Matteo Marzotto que levou a produção toda para a Itália. De lá já saíram as coleções Resort 2010 e Primavera Verão 2010. E quem desenha a Vionnet hoje é Rodolpho Paglialunga (ex Prada Feminino). Rodolpho pegou bem o espírito da marca – que sempre flertou com modelagens no estilo grego.  Sem contar os vestidos poderosos, Rodolpho caprichou nos sapatos que vieram cheio de pedrarias – outra marca registrada da Vionnet.

vionnet04vionnet00
vionnet01
vionnet02
vionnet03

Fotos style.com

Sapatovionnet06
vionnet05
vionnet07

Fotos obsessedwithshoes.com

E para quem estiver de viagem marcada para Paris, não deixe de conferir a mostra Madeleine Vionnet – Puriste de la Mode. A exposição vai até 31 de janeiro, e reúne diversas criações de Madeleine. As peças são de tirar o fôlego de qualquer amante de moda. Confira as infos:

Madeleine Vionnet – Puriste de la Mode
Les Arts Decoratifs
107, rue de Rivoli 75001 – Paris, França
www.lesartsdecoratifs.fr

Compartilhe: