Casa de Criadores por André Do Val


André do Val (de jaqueta azul) na plateia da Casa de Criadores

Em 2000, André do Val começou sua trajetória com moda, quando passou a integrar a recém criada área de fotografia do Chic. Depois de passagens por redações como a da House of Palomino e Vogue, André voltou para o Chic onde hoje ocupa o cargo de editor executivo. Ele conta para gente qual é a importância da Casa de Criadores na moda brasileira e os momentos do evento que ficaram marcados em sua memória.

Para André, a Casa é uma plataforma que consegue mostrar para o público especializado o que está sendo produzido de novo no Brasil. Para ele, esse papel ela sempre cumpriu bem. No evento, você sente uma espécie de agitação, quase própria de colégio. “Cada estilista traz sua turma, sua panela. Quando é alguém de uma faculdade, é visível que todas as amigas da turma estão lá. Quando é alguém da noite, você vê na plateia toda a turma da boate. São as coleções de quem acabou de começar e quer um patrocinio, até as mais comerciais”.


Que “panelas” ocuparão essas cadeiras?

Para o editor, o legal é essa mistura democrática. “Sempre tem uns perdidos, mas também gente legal. E isso é necessário, até pra renovar o repertório dos grandes. Nem sempre o estilista irá se tornar o próximo Herchcovitch, mas todo mundo do mercado está lá, até pra procurar gente qualificada pra trabalhar. Se a pessoa é boa em alguma área como alfaiataria, estampa, de repente ela é convidada para trabalhar em um projeto ou departamento de uma marca maior”.


Fachada da Pop Up Store da Casa de Criadores

Do Val sente falta no evento de um apoio mais comercial às marcas como o que foi feito com a loja Pop Up da Casa de Criadores em 2009. Mas entende que implementar uma loja não é tarefa fácil. Muitas vezes o estilista que leva a coleção para a passarela não tem material ou grade numérica para torná-la viável comercialmente. Para ele, a Casa poderia passar incentivar nos estilistas um “olhar de varejo”: dar consultoria para que cada coleção ofereça uma combinação peças que tenha a ver com a especialidade da marca, implementar um suporte comercial que treinasse vendedores para reconhecer o público que cada marca deseja atender e que seja capaz de explicar, por exemplo, coleções e materiais.


Icarius, estilista que desfilou na Casa de Criadores, em desfile da semana de moda de Paris

Dos momentos marcantes de Casa de Criadores, ele cita: O desfile em que Jum Nakao homenageou Ronaldo Fraga. O trabalho do estilista Icarius, que todo mundo esperava estourar no Brasil, mas que acabou indo realizar trabalhos no exterior e hoje integra a equipe da Diesel. O caminho percorrido por André Lima, desde sua saída da Cavalera até o amadurecimento de seu trabalho próprio. E, claro, Walério Araújo. Para André, não dá pra imaginar a Casa de Criadores sem o estilista. Tanto para passarela repleta de amigos, quanto na plateia sempre estrelada que transformam o próprio desfile quase em uma festa.


André Lima no desfile em sua homenagem nos 10 anos do evento


Walério Araújo e sua tradicional festa na passarela ao final do desfile

Compartilhe: