Aquecimento: 29ª Casa de Criadores – Dia 2

Nesta quinta-feira (09), depois do desfile do Projeto LAB, a partir das 20h, teremos os desfiles de Weider Silveiro, Alê Brito, Arnaldo Ventura, Rober Dognani e Gustavo Silvestre. Conversamos com cada um deles que nos adiantaram um pouco sobre como será a coleção de Verão 2012 de suas marcas.


Croqui da coleção Verã0 2012 de Weider Silveiro

Weider Silveiro
A coleção de Verão 2012 de Weider Silveiro terá como inspiração um futurismo sessentista com pitadas folk que homenageiam a América Latina. Nas peças haverá a presença de pingentes, franjados e plissados na blusas, regatas e o clássico vestido branco. Na paleta de cores, o étnico boliviano à luz de uma São Paulo viva em tons pasteis.


Croqui da coleção de Verão 2012 de Alê Brito

Alê Brito
O estilista partiu de um terra imaginária eternamente fria, porém, em um dado momento, começa a esquentar e os habitantes se veem obrigados a se adaptar a uma nova realidade climática, o verão, desconstruindo as peças que tem pelo uso da criatividade. Os principais materiais são o couro, o tafetá de seda pura e a zibeline de seda. As cores predominantes são o azul, preto, pink, bege e verde.


Foto de Lampião e Maria Bonita, as inspirações de Arnaldo Ventura nesta temporada

Arnaldo Ventura
O tema do desfile de Arnaldo Ventura é a estética do cangaço, inspirado principalmente em seus maiores personagens: Maria Bonita e Lampião. As peças são desconstruídas e construídas. No desfile há espaço tanto para pecas amplas, quanto para peças mais rígidas bem inspiradas na estética dos dois. A cor predominante no desfile será o sépia, amarelo-lima, branco e estamparia exclusiva desenvolvida pelo estilista.

Rober Dognani
Nesta temporada, o estilista passou a olhar para as formas de maneira mais simples, visando limpar e descomplicar para criar uma roupa mais real. O shape é longilíneo, reto e geométrico, saias longas, calças rígidas e amplas e vestidos de médio à longo. A excentricidade ficou por conta dos materiais: a rigidez do couro em contraponto com peças de crepe de chine de seda pura. A cartela de cores é variada e traz até seis cores, entre tons frios e quentes, colorindo uma única peça.


Croqui de Gustavo Silvestre para sua coleção de Verão 2012

Gustavo Silvestre
O tema da coleção de Verão 2012 de Gustavo Silvestre é o remix e a coleção desenvolve a questão da moda sustentável, se utilizando de materiais descartados e peças de antigos estoques. Por exemplo, na “camisacamiseta”, uma camisa é mixada em uma camiseta, formando uma nova peça híbrida. Os materiais utilizados foram o algodão, sarja, tule e jeans e os tons predominantes na paleta são o ocre, azul, preto e branco.

Compartilhe: