U+REVIEW_PROJETO LAB_JACINTO VERÃO 2012

via @U_MAG

© Felipe Abe

O sinal partiu amarelo no desfile do Verão 2012 da Jacinto, marca dos estilistas Gláucio Paiva e Douglas Pranto. A inspiração é o motivo: Patti Smith. A cantora, poetisa e musicista norte-americana já serviu de referência para tantos estilistas, em tantos países, que seria um fardo listar esses nomes aqui. Portanto, não é nada fácil superar, ou até mesmo se nivelar, ao que já foi feito nos quatro cantos do mundo.

Mas não demora e a luz fica verde. A Jacinto sai na frente, acelerada, surpreendendo a cada entrada com a sua alfaiataria modular e impecável. Os recortes tiram as peças do eixo, mas existe uma harmonia tão natural ali que tudo parece estar no lugar. As calças de cintura alta, super retas e longilíneas, vêm paramentadas por regatas, blusas soltinhas, ou por partes de cima confeccionadas num estilo japonista, subversivo, assimétrico, mas sem deixar de ter simetria _só dá pra entender essa dualidade vendo a roupa no corpo da modelo, e a modelo andando na passarela, e a roupa agindo neste contexto.

O jogo de opostos tem sido um dos combustíveis criativos da Jacinto, e desta vez ele vem aditivado pela roqueira andrógina, metade homem, metade mulher. Em alguns trechos do desfile, ela fica bem feminina com as aplicações de miçanguinhas multicoloridas que parecem aqueles alfinetes que são usados em murais de aviso. Em outros, fica bem masculina com os coletes desconstruídos nas costas, num exercício de alfaiataria complexo e muito bem executado.

Chega a ser engraçado falar da Jacinto dentro do Projeto Lab, porque a marca já demonstra vontade _e competência_ pra se posicionar feito gente grande no cenário fashion brasileiro.

VEJA AQUI AS FOTOS DO DESFILE JACINTO VERÃO 2012

+ umagmag.com

Compartilhe: