Weider Silveiro – Verão 2015

A obra “Human machine” de Takahito Irie é o ponto de partida do estilista cearense radicado em São Paulo. “O artista usa a figura humana como tela em seu trabalho, ao mesmo tempo em que produz obras com aspectos mais robóticos e com muitas cores”, explica. Essa referência é transposta para a modelagem (shapes soltos) e para a cartela de cores (laranja, azul, preto e off). A estamparia faz uso de uma arte exclusiva que ganha três versões para a coleção (P&B, laranja com fundo branco e azul com fundo laranja). Silveiro vende sob medida em seu ateliê.

Compartilhe: