De Tom Ford a Paul Verhoeven: 5 filmes pra se jogar na 40ª Mostra de Cinema de São Paulo

cine-50filmes-assitir
Aberta na última quinta-feira, a 40ª Mostra Internacional de Cinema São Paulo trouxe grandes filmes nacionais e internacionais às telas de cinema da capital paulista. Do segundo filme do estilista Tom Ford à volta de Paul Verhoeven, neste ano o festival homenageia o italiano Marco Bellocchio – que abriu o festival com o filme “Belos Sonhos” -, o brasileiro Antonio Pitanga e ainda o polonês Andrzej Wajda e o americano William Friedkin, diretor do perturbador “O Exorcista”, que desembarca no Brasil neste fim de semana onde ministra uma masterclass sobre sua experiência com o cinema. No hype do festival, separamos cinco filmes que você não pode deixar de ver. À lista!

“Animais Noturno”, Tom Ford – Estados Unidos
Segundo filme do estilista Tom Ford – que dirigiu “Direito de Amar” em 2009 -, Animais Noturno tem um elenco estrelado, que vai de Amy Adams a Jake Gyllenhaal, e é uma adaptação do romance “Tony e Susan”, de Austin Wright. A trama conta a história de Susan (Amy Adams), negociante de arte em Los Angeles, que um dia recebe um violento livro dedicado a ela, escrito por seu ex-marido, Tony (Jake Gyllenhaal). O filme foi ganhador do Prêmio do Juri no Festival de Veneza desse ano.

“A Garota Desconhecida”, Luc e Jean-Pierre Dardenne – França
O novo filme dirigido pelos irmãos Luc e Jean-Pierre Dardenne, “A Garota Desconhecida”, foi selecionado para o Festival de Cannes deste ano e conta a história da médica Jenny (Adèle Haenel), que se recusou a abrir a porta de seu consultório para atender uma paciente, e no dia seguinte é informada de uma morte próximo a consultório. Sentindo-se culpada, ela embarca em uma busca para descobrir quem era a tal garota.

“Elle”, Paul Verhoeven – França
Após quatro anos sem lançar material, Paul Verhoeven voltou aos grandes festivais de cinema com o já aclamado “Elle”, drama que conta a história de Michelle (Isabelle Huppert), uma grande empresária no ramo de games que é violentada em sua própria casa. O evento não causa apenas revolta na personagem, mas desperta fantasias eróticas.

“Cinema Novo”, Erik Rocha – Brasil
Vencedor do Olho de Ouro no Festival de Cannes, o filme-ensaio “Cinema Novo”, dirigido por Eryk Rocha, constrói através de fragmentos de filmes e pensamentos a história de um dos principais movimentos cinematográficos da America Latina.

“The Handmaiden”, Park Chan-Wook – Coreia do Sul
Diretor do hypado filme “Oldboy” de 2003, Park Chan-Wook volta à 40ª Mostra Internacional de Cinema São Paulo com o thriller “The Handmaiden”. Retratado na década 30, na Coreia do Sul, narra a história de Sooke (Kim Min-hee), que é contratada para ser criada de uma riquíssima herdeira, mas que esconde um segredo obscuro.

Serviço
Horários e Locais: Confira aqui!

*

A cereja: Embora não esteja passando no festival, vale a pena conferir nos cinemas “The Neon Demon”, de Nicolas Winding Refn – conhecido por “Drive”, de 2011. A trama desenrola a partir da chegada de Jesse (Elle Fanning) a Los Angeles, onde pretende começar uma carreira de modelo, mas sua exuberante beleza acaba a levando a outro rumo.

Compartilhe: