Felipe Fanaia mostra seu inverno pelo viés da dor e da superação. Confira!

Felipe Fanaia quis mostrar na coleção que apresentou nessa segunda-feira na Casa de Criadores que o inverno é eterno. Cercado de inúmeras reflexões e de um constante desafio para apresentar novidades – uma vez que o estilista já apresentou os mais diversos temas na passarela –, ele parte da seguinte pergunta: “como transformar sentimentos em algo tangível, palpável e capaz de ser vestido?”. Por meio desse exercício, a nova coleção veio à tona e, segundo o estilista, “cada temporada aparece como uma montanha-russa de emoções, com altos e baixos que transformam a maneira de criar do profissional”. Dessa forma, a intenção da nova coleção não é só apresentar tendências, mas “transmitir uma mensagem de que é possível vencer qualquer batalha, qualquer luta, qualquer inverno”. A narrativa proposta para a passarela foi dividida em duas etapas. Fomos apresentados à história de um alcoólatra, retratando a depressão, a culpa, o ódio e a violência na primeira fase. Todas essas sensações foram representadas por um mood militar, uma alfaiataria clássica e cores sóbrias, seguidas de tons terrosos e shapes mais ajustados ao corpo. Na segunda parte da história está o mesmo personagem em fase de tratamento. “O remédio, a esperança, a cura e a sobriedade são momentos que marcaram cada peça. Assim resgatamos a criança que ainda vive aprisionada no corpo desse adulto: um adulto que luta para manter a sua criança viva e sóbria, vencendo o inverno que invadiu a sua trajetória”, conclui o estilista. Confira abaixo!

Créditos: Agência Fotosite

Compartilhe: