Bem mais que moda! Jum Nakao abre seu baú de referências em série de workshops!

Desde que abandonou as passarelas com seu desfile antológico “A Costura do Invisível” na São Paulo Fashion Week em 2004, quando desfilou uma coleção toda feita de papel que foi rasgada no final da apresentação, Jum Nakao assumiu de vez seu lado artístico. De lá para cá foram muitos projetos ligados à pesquisa de moda e arte e toda essa expertise será passada em uma série de workshops que Jum ministra em junho em São Paulo.

Em um deles, o Workshop Metodologia, ele ensina a aprimorar conhecimentos de modelagem e desenvolver modelos a partir da interação de técnicas criativas. Estudos de moulage e desenvolvimento de exercícios práticos em classe estão em pauta. Como pré-requisito, os interessados devem ser formados no Workshop Metodologia Jum Nakao Modelar Módulo I, e devem ser interessados em desenvolvimento de coleção, moda experimental, figurino, arquitetura, moda, design e arte. São 16 horas de curso e o aluno recebe o certificado de formação

Já no Desconstruir Processos Criativos, a ideia é aprimorar o processo criativo através da desconstrução de referências, compreender as suas ressignificações possíveis. Assim, aprender a construir maquetes, com foco na experimentação de uma nova lógica criativa ao longo dos dois dias de Workshop. A quem se destina: modelistas, estilistas, costureiras, professores, estudantes e interessados nas áreas de moda, design, arte, desenvolvimento de coleção, moda experimental, figurino. Aqui, sem nenhum pré-requisito.

Em outro módulo, também do Desconstruir Processos Criativos, o aluno aprende a compreender os princípios lógicos da construção da modelagem e estimular a criatividade sobre novas formas de vestir. Na metodologia, uma análise de modelagens e exercícios práticos em classe através da técnica de crepe. Para interessados em desenvolvimento de coleção, modelistas, estilistas, costureiras, professores, estudantes e interessados em moda, design e arte, também sem pré-requisitos. Abaixo, vídeos sobre os workshops e o desfile “A Costura do Invisível”

Compartilhe: