9 curiosidades sobre Rei Kawakubo, nome por trás da Comme des Garçons e homenageada do Gala do Met

Na noite dessa segunda-feira, os olhares se voltaram para Nova York, onde aconteceu o gala do Met de 2017. A festa dá início à exposição anual do Costume Institute, no Metropolitan Museum of Art, que este ano homenageia a japonesa Rei Kawakubo, fundadora da Comme des Garçons. O mostra, batizada “Rei Kawakubo/Comme de Garçons: Art of the In-Between”, fica em cartaz entre os dias 4 de maio e 4 de setembro. Abaixo, a Casa lista 9 curiosidades sobre a vida da estilista, uma das mais visionárias da moda.

untitled-article-1477051204

Criação de Rei Kawakubo para Comme des Garçons em display na mostra || Créditos: Divulgação

1. Rei Kawakubo se formou em Arte e Literatura pela Keio University, e nunca frequentou uma escola de moda. De acordo com artigo publicado em 2005 pelo “New Yorker”, a estilista aprofundou seus estudos em arte western e asiática.

2. A estilista criou a marca Comme des Garçons em Tóquio em 1969, mas foi em 1973 que tornou-se conhecida no mercado. Antes de se mudar com a marca para Paris, abriu sua primeira loja na capital japonesa em 1975.

3. O nome Comme des Garçons foi derivado da música “Tous les garçons et les filles”, de Françoise Hardy.

comme cine

Looks da coleção de primavera/verão 2017 da Comme des Garçons || Créditos: Reprodução

4. Seu primeiro desfile em Paris aconteceu em 1981. Em sua estreia, jornalistas de moda apelidaram a coleção de “Hiroshima chic”, sobretudo pela assimetria, pregueado, barras desgastadas e aparência destroyed de suas criações.

5. Alexander McQueen a reconheceu como uma das maiores estilistas contemporâneas. “Quando Kawakubo cria uma coleção, soa como absurdo, não apenas para o público em geral”, disse ele em 2002 durante uma entrevista à emissora japonesa NHK. “Mas quando alguém se desafia, como ela faz a cada temporada, faz com que você entenda que você está no ramo da moda principalmente por causa de pessoas como ela.”

6. Tendo como símbolos roupas rebeldes feitas em cores escuras e com modelagens inusitadas, a Comme des Garçons é uma marca conhecida por ser “anti-fashion”.

7. Kawakubo é famosa por sua discrição, tendo dado pouquíssimas entrevistas ao longo de sua carreira. Entre seus depoimentos mais marcantes está a que foi cedida à revista “Elle”, quando revelou que suas criações eram derivadas de tristeza.

8. Mais de 30 anos desde o lançamento da Comme des Garçons se passaram e a estilista japonesa continua sendo a única dona de sua companhia, que engloba também a multimarcas Dover Street Market.

rei ka

A estilista Rei Kawakubo || Créditos: Reprodução

9. A exposição é a segunda a homenagear um estilista vivo – o primeiro foi Yves Saint Laurent em 1983 -, e reúne 150 peças criadas pela estilista que serão divididas em oito categorias. São elas Fashion/Anti-Fashion, Design/Not Design, Model/Multiple, Then/Now, High/Low, Self/Other, Object/Subject e Clothes/Not Clothes.

+www.metmuseum.org

 

 

Compartilhe: