Leda Catunda empresta sua força artística para curadoria de mostra sobre o belo e o feio

Leda Catunda a gente conhece bem, artista super talentosa com seu traço inconfundível. E a Central Galeria, na Vila Madalena, também é referencia pura de arte. Bom: uma se une à outra e o resultado é a exposição coletiva “A Bela e a Fera”. Em pauta, o conceito atual do belo e do feio por meio de pinturas, fotografias, desenhos, objetos e vídeos. São oito artistas discutindo os temas a partir de suas visões subjetivas: Bruno Dunley, Edgar de Souza, Erika Verzutti, Luiz Roque, Mano Penalva, Paulo Monteiro, Pedro França e Sofia Borges. Segundo avisa a galeria: “A ideia de beleza poucas vezes na história foi tão chacoalhada e tão velozmente transformada como agora. A enorme proliferação de imagens promovida pela internet e mídias sociais transformou todos em fotógrafos e repórteres de nossa própria jornada. Assim sendo, torna-se impossível a tentativa de determinar o que é de bom gosto, fazendo com que muitas coisas interessantes se tornem belas e muitas coisas belas se tornaram estranhas em sua pretensão de universalidade.”

Erika Verzutti_ID_Leda_2005_acrilica e oleo sobre mdf_115,5x52,5cm

Erika Verzutti, 2005, acrílica e óleo sobre mdf

Bruno Dunley_ID_Sem ti¦ütulo, se¦ürie Bestia¦ürio_2017_oleo sobre tela_160x130cm

Bruno Dunley, sem título, 2017, óleo sobre tela

Mano Penalva, ID_Ambulante, Série Origem, 2017, metal e elástico

“A Bela e a Fera” com curadoria de Leda Catunda
De 7 de junho a 5 de agosto
Central Galeria – Vila Madalena / Rua Mourato Coelho, 751
www.centralgaleria.com

Compartilhe: