Också apresenta moda urbana pautada por elementos e detalhes funcionais – #fort

Dos gaúchos Deisi Witz e Igor Barros, a Också é uma marca mais preocupada em evoluir sua identidade do que seguir as tendências do momento. É também uma marca que quer vestir pessoas – e ponto –, não importa o gênero, tipo físico e qualquer outra distinção que seja. As coleções (sete até agora) nascem como respostas de experiências e vivências pessoais da dupla, interpretadas por meio de processos bastante intuitivos. E é a partir daí que surgem algumas das novidades vistas no desfile deste segundo dia de Casa de Criadores, nessa terça-feira (9).
IMG_6972

Bastidores do desfile da Också || Créditos: Cassia Tabatini

texto: Luigi Torres
fotos de backstage: Cassia Tabatini / FORT Magazine
fotos passarela: Marcelo Soubhia/FOTOSITE

Bastidores do desfile da || Créditos: Cassia Tabatini

Bastidores do desfile da Också || Créditos: Cassia Tabatini

Porque, do ponto de vista estético, esta coleção é exatamente uma continuidade do que os estilistas já mostravam: uma moda urbana, pautada por elementos e detalhes funcionais, mix de tecidos naturais (como o linho) com outros tecnológicos (como o tyvek). O.K, há uma retomada da questão corporal, com peças que revelam mais a pele e silhuetas ajustada, mas ainda assim a sensação é de uma bem-vinda continuação de ideias e imagem. O que muda é como essas roupas se relacionam com quem as vestem e seu contexto.

Se antes os processos nasciam e se desenvolviam internamente, agora eles contam com agentes externos. A vontade de entender e interpretar padrões comportamentais sempre foi uma premissa importante para o duo. A novidade é que tais padrões já viraram demanda. Com a evolução, o que antes era apenas uma observação, virou diálogo. Troca no melhor sentido e com máxima fluidez.

Bastidores do desfile da Också || Créditos: Cassia Tabatini

Bastidores do desfile da Också || Créditos: Cassia Tabatini

Fluidez, aliás, é palavra-chave aqui e aparece como uma das principais características da coleção – nas formas amplas e soltas, no caimento e silhueta desestruturada e na leveza de boa parte dos materiais. Remete à ausência de gêneros e ao caráter múltiplos das roupas da Också, à troca de ideias entre marca e cliente, e faz alusão ao modo como a grife se movimenta para frente e como a geração de consumidores que atende se relaciona com o mundo.
IMG_6975

Bastidores do desfile da Också || Créditos: Cassia Tabatini

Compartilhe: