Meio drag queen, meio street… A coleção com pegada anos 80 de Rafael Caetano – #fort

texto: Luigi Torre
fotos de backstage: Cassia Tabatini / FORT Magazine
fotos passarela: Marcelo Soubhia/FOTOSITE

Bastidores do desfile de Rafael Caetano || Créditos: Cassia Tabatini

Bastidores do desfile de Rafael Caetano || Créditos: Cassia Tabatini

Tudo começou com o musical “Kinky Boots” que Rafael Caetano assistiu em Londres. Depois foi a vez de “Priscilla, A Rainha do Deserto”, também em musical, só que dessa vez em Barcelona. A partir daí, o estilista se viu obcecado pela cultura drag e decidiu ir mais a fundo. Viu o documentário “Paris Is Burning”, filme de John Waters e mais um monte de referências até que decidiu fazer de tudo isso uma coleção.

Bastidores do desfile de Rafael Caetano || Créditos: Cassia Tabatini

Bastidores do desfile de Rafael Caetano || Créditos: Cassia Tabatini

O resultado é a moda esportiva e street pela qual ficou conhecido, porém um tanto mais extravagante – e com boas pitadas da noite (e dos excessos dos anos 1980). Melhor exemplo são os paetês rosas – “confesso que sempre tive um pouco de preconceito de usar nas minhas criações até agora”, revela – e as estampas de onça e com rosto de drag queens icônicas como Divine, Lady Bunny e RuPaul. Em tempos conservadores como os nossos, uma marca masculina levantando bandeiras desse tipo é mais do que bem-vindo, é necessário.

Bastidores do desfile de Rafael Caetano || Créditos: Cassia Tabatini

Bastidores do desfile de Rafael Caetano || Créditos: Cassia Tabatini

Compartilhe: