Com Lauren Hutton como covergirl, “Vogue Itália” faz edição para mulheres de 60 anos

A edição de outubro da “Vogue Itália” pegou todos de surpresa ao trazer em sua capa Lauren Hutton, atriz e modelo que hoje está com 73 anos – completa 74 no próximo mês. Com isso, Lauren se torna a pessoa mais velha da história a estampar a capa de uma revista “Vogue”, segundo reportou o “WWD”. Considerada pela editora uma edição “temporal”, ela foi pensada para uma mulher com mais de 60 anos e chega às bancas nesta quinta-feira. Para o editorial, Lauren foi clicada em três capas diferentes por Steven Meisel, e em todas vestindo Valentino.

Lauren Hutton clicada por Steven Meisel para a Vogue Itália || Créditos: Divulgação

“Tive um recorde de 27 capas da ‘Vogue América’, e fui capa 13 vezes de outras ‘Vogues’, mas esta é a mais importante que já fiz, aquela que me fez sentir mais útil”, diz Hutton em uma declaração oficial. “Tenho pensado nisso por um tempo, mas foi a coragem da ‘Vogue Itália’ que fez essa vontade se tornar realidade. Esta é uma capa que pode mudar a sociedade, porque mostra uma mulher que é vibrante, atraente, que continua sorrindo, e que pela primeira vez é uma mulher da minha idade.”

Lauren Hutton clicada por Steven Meisel para a Vogue Itália || Créditos: Divulgação

Além da atriz, a edição traz um editorial com Benedetta Barzini, hoje com 74 anos, que foi capa da edição #1 da revista – de novembro de 1965 -, e ainda Iman, 64 anos, como manequim da coleção de resort 2018 da Dior.

Maye Musk, 69, a digital influencer Baddie Winkle, 89, a artista Marina Abramovic, 70, e a primeira modelo trans Tracey Norman, 66, também estão no recheio da edição história da revista. Vale lembrar que a “Vogue Itália” tem como diretor artístico o brasileiro Giovanni Bianco, que atingiu o posto em fevereiro.

Compartilhe: