O criador Azzedine Alaïa ganhará uma mostra dedicada ao legado que deixou para a moda

Azzedine Alaïa é uma falta das mais sentidas pela moda, afinal, ele deixou um legado de peso ao dedicar a sua vida a redefinir a silhueta feminina. A boa notícia é que no próximo ano o couturier ganhará uma retrospectiva em sua homenagem no Design Museum, em Londres.

A mostra vai reunir 60 criações assinadas por ele nos últimos 35 anos, assim como peças de arte criadas por Alaïa em parceria com artistas como Kris Ruhs e Tatiana Trouvé. A tônica da exposição é o fato dela ser um projeto concebido com a ajuda do próprio estilista, morto no mês passado devido a uma parada cardíaca, em parceria com o curador Mark Wilson. “Azzedine Alaïa: The Couturier” ficará em cartaz entre os dias 10 de maio e 7 de outubro.

Alaïa é referência por seu perfeccionismo em drapear e esculpir a silhueta das mulheres a partir de materiais, cortes e shapes inovadores. Em julho, ele retornou ao calendário de alta-costura de Paris, quebrando um hiato de seis anos, e estava pronto para abrir sua aguardada flagship em Londres no próximo ano. O estilista é tido como um ídolo para outros estilistas. Rei Kawakubo, da Comme des Garçons, descreveu Alaïa como “um estilista que trabalhou de coração e alma.”

+designmuseum.org

Compartilhe: