Estamparia Social leva marca que capacita egressos do sistema penitenciário pra Casa de Criadores

A Estamparia Social estreia na 45ª edição da Casa de Criadores, que acontece em julho (com a local e data ainda a serem divulgadas), com a marca P.O.T.E (possibilidade, oportunidade, trabalho, egresso). Robson Mateus, criador do projeto, conta que tem como base conceitual a criação de peças utilitárias produzidas por egressos através de seu projeto Estamparia Social, a partir de design do multiartista O Novíssimo Edgar, além de colaborações do estilista Gustavo Silvestre e do artista Renan Soares e ainda joias e acessórios produzidos pela designer Carol Labassi.

Para começo de conversa, o Estamparia Social treina e capacita egressos do sistema penitenciário e pessoas em situação de rua no ramo têxtil e personalização de produtos, como canecas, cinzeiros e chinelos. Trabalham com materiais sustentáveis, algodão 100% orgânico e canhamo. Estamparia Social oferece capacitação profissional através de oficinas de serigrafia, sublimação e transfer.

Na passarela da Casa de Criadores, uma reflexão sobre o tema liberdade. “Essas criações visam lançar luz sobre as possibilidades positivas que existem ao se pensar de fato em ações que propiciem outras oportunidades de performance para fatias segmentadas da sociedade, como a população egressa carcerária. Existe um potencial de mudança e transformação na ideia de observar as coisas sobre um outro ponto de vista. A P.O.T.E surge a partir da ressignificação do termo ‘pote’, usado para designar os isolamentos solitários para os encarcerados, tornando-se uma sigla”, diz.

A assinatura da marca se apodera do símbolo do contador de tempo, comumente usado para orientar a passagem dos dias em cárcere. É um indicativo dos cinco pilares-base da marca: reintegração, ação social, arte, economia e sustentabilidade. “E faz do traço que marca o fim desse ciclo uma referência à ascensão do egresso ao voltar para a liberdade”.

Com loja online e fixa, a Estamparia Social lançará um pré-lançamento para a venda das peças. “Estamos em parceria com a Converse, que aparecerá com tênis customizados pela P.O.T.E. Serão usados também tecidos da Eco Simple para produção e composição dos looks e a própria Estamparia Social com toda a expertise de produção das peças”, completa. Siga Estamparia Social.

Mais sobre Robson Mateus
Ele tem 27 anos, é formado em Cinema pelo INC (Instituto Nacional de Cinema), iniciou sua atuação no ramo têxtil em 2014 ao montar uma estamparia no fundo de casa. Em 2016 teve que fazer um intervalo pois foi preso suspeito de tráfico de drogas. Cumpriu sua pena e ao final de 2018 fundou a Estamparia Social, como uma estratégia para capacitar e inserir no mercado de trabalho egressos do sistema prisional. A Estamparia Social atua na reintegração de pessoas em centros de acolhidas da cidade de São Paulo. Executou ações no Sesc e Red Bull Station. Ao se reunir com Renan Soares e o Novíssimo Edgar, fundaram a marca P.O.T.E, que será apresentada nesta edição da Casa dos Criadores.

Compartilhe: