Estilistas Pretos da Casa de Criadores Criam Célula para discutir inclusão

Um grupo de seis estilistas e marcas da Casa de Criadores comandados por negros lançou um núcleo que pretende discutir formas de inclusão dentro do evento. O manifesto lançado por eles está no texto abaixo:

Nas últimas semanas os noticiários e mídias sociais foram tomados por discussões de caráter racial e logo a indústria da moda começou a se posicionar.

Sabemos que apesar de historicamente essa indústria se beneficiar e lucrar em cima da imagem e cultura preta, a presença efetiva de pessoas pretas em cargos de decisão ainda é escassa assim como a existência de marcas comandadas por essas pessoas em eventos de moda ou a publicação das mesmas em mídias impressas e digitais.

A Casa de Criadores sempre existiu como um evento que promove a liberdade de expressão e a valorização da diversidade, mesmo que ainda em números insuficientes, pelos profissionais que a compõem. Assim, nós estilistas pretos participantes do evento, entendemos que existe uma urgência de nos juntarmos não só para nos fortalecermos e solidificarmos enquanto empreendedores pretos, mas também para entendermos as demandas e dificuldades que permeiam a realidade diária na existência de uma marca preta.

Anunciamos então a criação de uma célula de debates independente com os estilistas pretos da Casa de Criadores que ficará responsável por pensar e propor maneiras de efetivamente criar mudanças estruturais no evento, pensando inclusão de dentro pra fora sem se limitar aos profissionais que já se beneficiam da visibilidade do evento.

#celulapreta

Foto acima: desfile diegogama 46ª CDC

texto: @y.diegogama
arte: @jalvieira

Compartilhe: